5.000% de Paranóia!

“Em sete anos, os casos de agressões contra mulheres aumentaram 5.000%”, afirmou Kelly Almeida ao Correio Braziliense – e foi desmentida logo no segundo parágrafo da mesma matéria.