Brad Pitt e o Movimento por Direitos dos Homens

Brad Pitt está tendo um dia de lama e provavelmente entende, nesta manhã, porque algumas mulheres acabam mortas quando pedem divórcio. Praticamente todos meios de notícias do mundo estão reportando que Pitt batia nos filhos e está sob investigação policial. Uma fonte anônima alega que Brad ficava bêbado e drogado (tanto com álcool quanto maconha são mencionados) em seu jato particular e maltratava, física e verbalmente, os filhos, mas detalhes específicos não são fornecidos. Isso cai pesado na esteira das alegações de que ele estava traindo Angelina Jolie, dando uma pegadinha na sua colega de trabalho, Marion Cotillard, um rumor que ela nega de pés juntos. Cotillard teve que publicar uma declaração esclarecendo que ela está grávida da filha do próprio marido. Que delícia para ela.

Então, vamos entender as coisas aqui: dentro de 48 horas depois de anunciado o divórcio, Brad foi pintado como traidor, bêbado, drogado, surrador de crianças e um sacana que engravidou a esposa de um outro cara.

Ah, e Angelina não quer que ele tenha a guarda dos filhos.

Provavelmente só uma coincidência, certo?

No primeiro dia desde o anúncio, o Twitter foi inundado de gifs da reação de Jennifer Aniston, com as pessoas celebrando alegremente o fato de que a Jolie, que tinha roubado o marido de Jennifer, tinha se dado mal.

As coisas estavam ruins para Jolie e no dia seguinte, plá! – Brad era um bêbado que maltrata criança.

Por essa razão somente, eu não acredito em uma palavra das alegações de maltrato de crianças contra Pitt. Isso é o pântano comum, padrão, de ex atacando o marido e os próprios filhos com acusações falsas. Ser podre de rico e famoso não vai proteger Brad ou seus seis filhos de uma esposa vingativa e conivente determinada a causar mal ao homem que ela antes amava e seus filhos. Angelina me dá nojo, glamourizando pelo planeta em paroxismos de compaixão pelas crianças pobres, abandonadas e negligenciadas do mundo, e depois dizendo que ela não quer que seus próprios filhos vejam mais o próprio pai.

Vtnc, Angelina.

Hoje, noticiosos do mundo todo atualizaram suas histórias sobre Brad com o seguinte:

O Departamento de Polícia de Los Angeles não recebeu nenhum relato ou acusações de maltrato de crianças contra o Sr. Brad Pitt.

Não há investigação. Não é verdade.

Saia da matrix, Brad. O que está acontecendo com você está acontecendo a milhões de homens em todo o mundo agora mesmo, neste momento. Quantos dias precisam passar sem você poder ver seus filhos até você começar a pensar em suicídio? Quanto dinheiro você vai gastar tentando chegar a vê-los? A que distância você irá para salvá-los? A maioria dos homens não têm o seu dinheiro, poder ou influência. E se você está sendo ferrado assim, o que você acha que está acontecendo com eles?

Se novas evidências vierem à luz, eu vou revisar esta postagem, mas por hora, eu considero Angelina uma mentirosa que trata sua tribo cigana de filhos como malas de viagem – acessórios que a fazem parecer bacana e descolada. A exata razão por que ela é quem não deveria ter a guarda dos filhos.

Como está seu privilégio masculino hoje, Brad? Você acha que estão lhe faltando alguns direitos? Igualdade Brad. Você não a tem. Ela tem o poder. E as crianças. E o sistema todo está enviesado para assegurar que essas crianças nunca mais vejam você.

Entende agora, Brad?

Saia da matrix.

Entre para a revolução.

Com muito amor,

JB
Postado primeiro no blog pessoal da Janet.
Tradução: AVFM Brasil.
Foto: DoD News

5 thoughts on “Brad Pitt e o Movimento por Direitos dos Homens”

  1. Marcus Valerio XR

    Sejamos sinceros. Era previsível. Angelina Jolie está forte na disputa de maior feminista do planeta. Como raios poderia permanecer casada? O simples fato de “exigir” que o combate ao delirantemente fictício “estupro como arma de guerra” recebe prioridade pela ONU acima de genocídios, mutilações e extermínios que afligem na sua quase totalidade homens, já demonstra que é uma feminista misândrica psicótica. (http://br.avoiceformen.com/recomendados/o-estupro-da-cultura/)

  2. Willian Oliveira

    Poderiam falar sobre falsas acusações de estupro, recentemente um rapaz do canal do youtube “mamaefalei” foi acusado falsamente de estupro por um grupo de feministas, isso porque o cara simplesmente fez perguntas a elas, perguntas as quais demonstravam a ignorância dessas feministas que estavam em uma ocupação das escolas que aconteceu recentemente.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *