Assine a Petição: Por uma Justiça de Família confiável

O movimento brasileiro pela igualdade familiar e a sociedade que fazemos parte tem o dever de levar a esperança aos que foram abandonados pelo estado.

Temos o maior dever de denunciar a criminosa e bilionária indústria que se estabeleceu em torno do poder atrofiado que não acompanha as mudanças da sociedade. Esclarecer que o interesse de alienadores maliciosos e advogados gananciosos têm levado as futuras gerações aos riscos de crescerem com maiores probabilidades de patologias psicossomáticas e comportamentais.

Dessa maneira poderemos alertar a sociedade e os que estão nos palácios, fartos de tudo e distantes de tudo, que buscamos comover os órgãos internacionais e a comunidade científica, a questão dos direitos humanos e como o nivelamento desses direitos é usurpado pelo estado brasileiro, ao aplicar nos últimos 30 anos, a guarda unilateral e visitas insuficientes, em 90% dos casos, favorecendo um genitor, em detrimento da guarda compartilhada com convivência equilibrada.

Apesar do Congresso Nacional ter reeditado a lei da guarda compartilhada para restituir a real intenção do legislador, arcaicos e retrógrados advogados e psicólogos que lucram com a bilionária indústria do litígio que se estabeleceu em torno do poder judiciário robotizado em decidir pela guarda unilateral e distante dos estudos científicos mais recentes, sabotam a correta aplicação deste instituto que é acima de tudo o superior interesse da criança, e as consequências são amplamente conhecidas pela literatura médica e científica do mundo civilizado que adota a guarda compartilhada de filhos na proporção 50/50 há décadas como profilaxia sanitária da delinquência juvenil e dos transtornos psicossomáticos que surgem do déficit emocional paterno.

Junte-se à primeira onda de ações contra o Estado brasileiro no Tribunal da Comissão Interamericana dos Direitos Humanos, sobre as violações dos direitos fundamentais com argumentos que divergem dos tratados internacionais e do mundo científico.

1ª AÇÃO PÚBLICA PELA CORRETA APLICAÇÃO DA GUARDA COMPARTILHADA NO BRASIL – Veja artigo no Jus Brasil.

Assine A 1a PETIÇÃO PÚBLICA PELA CORRETA APLICAÇÃO DA GUARDA COMPARTILHADA NO BRASIL – AVAAZ

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *